CÉLULAS-TRONCO

DO DENTE

3d-cell-culture.jpg

Bioengenharia de Tecidos com Células-Tronco

 

          A Bioengenharia de tecidos é uma área relativamente nova e revolucionária, que visa a reconstituição de tecidos e órgãos, por meio da expansão e diferenciação de células-tronco adicionadas a um biomaterial que servirá de base.

         Após o cultivo e expansão das células-tronco, essas amostras são reintroduzidas no organismo do paciente. As células-tronco vêm ganhando destaque por sua capacidade potencial em reparar e regenerar tecidos como ossos, cartilagem, músculos e gordura.

              Dentre as várias fontes de células-tronco, a polpa do dente de leite destaca-se pelo fato de fornecer células-troncos multipotentes e ser uma fonte não invasiva, já que os dentes de leite costumam ir para a lata de lixo ou para a fada do dente.

              Da mesma forma como acontece com o armazenamento das células-tronco do sangue e do tecido do cordão umbilical, no Brasil existem laboratórios que fazem o armazenamento de células-tronco da polpa do dente. A remoção do dente de leite é feita por um especialista e a parte interna da polpa é separada e criopreservada em laboratório.  

             Pesquisas com células-tronco estão sendo realizadas com sucesso no Hospital Sírio Libanês para a reconstrução de osso e cartilagem pela equipe de Bioengenharia de Tecidos e Células-Tronco, a qual a Dra Nídia Marinho faz parte.